PUBLICIDADE
Policiais Civis de Taguaí, Fartura, Piraju, Taquarituba e Apoio de Militares, Prendem Homem pelo Tráfico de Drogas
10/08/2020 16:53 em Policia

Policiais Civis de Taguaí, Fartura, Piraju, Taquarituba e Apoioi de Militares, prendem homem pelo Tráfico de Drogas

TAGUAI Polícia Civil encontra um quilo de maconha e prende 1 por tráfico de drogas durante operação Homem já tinha sido preso pelo mesmo crime no mês de maio, mas foi beneficiado com a liberdade provisória Um indivíduo foi preso em flagrante delito e cerca de um quilo de maconha apreendido pela Polícia Civil na manhã desta quinta-feira, dia 06/8, em Taguaí, durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão domiciliar no contexto de uma operação desencadeada com o objetivo de combater o tráfico ilícito de entorpecentes no município. O investigado, de 19 anos, foi detido no imóvel onde morava junto com a companheira, na Vila São Caetano. No local, os policiais encontraram duas porções grandes da substância e mais um vaso pequeno contendo um pé da planta. A casa fica a aproximadamente 120 metros de uma escola particular.

 

Segundo o boletim de ocorrência, o indivíduo havia sido preso em flagrante pelo mesmo crime no mês de maio desse ano, mas conquistou a liberdade provisória na Justiça e voltou a traficar. Além do entorpecente, a ação policial também resultou na apreensão de telefones celulares encontrados na residência. O objetivo, segundo os investigadores, é acessar os dados dos aparelhos a fim de obter novas provas da atividade criminosa. O suspeito e as apreensões foram encaminhados para a Delegacia, onde foi formalizada a prisão em flagrante por tráfico. O indiciado será apresentado ainda hoje à Justiça e caso a privação da liberdade seja mantida ele será removido para uma unidade prisional da região. A operação em Taguaí foi coordenado pela Delegacia da cidade, com apoio da Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes de Avaré (DISE), das Delegacias de Fartura, Piraju e Taquarituba, bem como policiais militares. Um cão farejador da Secretaria de Administração Penitenciária (SAP) também foi utilizado nas buscas.

COMENTÁRIOS